Tecendo Histórias: Maria Mariana Nascimento

Empreendedorismo está no sangue. Por mais que nem você se dê conta, já está empreendendo. 

Lá no Vale do Ribeira, a 92km de Curitiba, é onde fica Serro Azul e foi onde Maria Mariana Nascimento começou seu trabalho com a palha. 

Desde criança, quando acompanhava seus pais na colheita de milho, ela já fazia chapéus para se protegerem do sol. 

No começo dos seus 20 anos, lá em 2005, começou a fazer outros objetos com a palha e vender nas feirinhas locais.

Quando viu a demanda aumentar, chamou mais pessoas para ajudar na produção. Hoje, são em 8 pessoas. 

O trabalho com a palha é ancestral e muito conhecido pelas gerações passadas para a produção de objetos de uso na roça. 

Mas a história aqui se fez e se transformou. O grupo hoje está com seus produtos presentes em lojas de grandes centros nacionais e internacionais, parando até nos acessórios de Beyonce. 

A palha do milho, que antes era resíduo, se transformou em matéria prima do artesanato produzido pelo grupo. 

Com saber técnico, a técnica do artesanato se juntou ao design, resultando em uma nova linha de produtos com estética contemporânea, mas sem perder a identidade local e as histórias da serra paranaense. 

Maria Mariana é uma grande empreendedora e as tecelãs fazem um trabalho primordial com as palhas. 

Para elas, nada se perde, os resíduos são ressignificados e transformados em novas histórias. 

“No entrançar de cestos ou de esteiras há um saber que vive e não desterra. Como se o tecedor a si próprio tecesse e não entrançasse uma única esteira ou cesto, mas sim seu humano casamento com a terra”. 

Estamos encantados com o trabalho das tecelãs e de Maria Mariana, espero que vocês também fiquem. 

Vocês podem também acessar o Instagram deles: https://www.instagram.com/tecendo_historia/

Com carinho, 

Victoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *