Conheça tudo sobre o chá de cáscara

7 minutos para ler

Existem diversas maneiras de apreciarmos o sabor delicioso do café, inclusive por meio de chás, sabia?

Trata-se do chá de cáscara, feito a partir das cascas do fruto do café, por isso, proporciona uma experiência muito diferente com seu sabor singular.

O chá de cáscara também contém cafeína, então, além de desfrutar de um momento prazeroso saboreando uma bebida diferente, você aproveita todos os benefícios que essa substância proporciona para o nosso organismo. Afinal, a cafeína faz bem para saúde!

Preparamos este post para apresentar para você um pouco da história e das características do cascara tea. Também mostrar quais são os benefícios que a cafeína oferece para que você aproveite seu café de uma forma ainda mais intensa. Acompanhe!

O que é o chá de cáscara?

Quando os árabes começaram a consumir o café, eles preparavam a bebida por meio da infusão dos frutos. Com o passar do tempo, foram criadas novas técnicas de preparo aproveitando a polpa da cereja do café, e a sua casca foi deixada de lado.

Nesse processo, muito material é desperdiçado, em relação ao consumo. Foi então que dois estudantes canadenses fizeram uma pesquisa e comprovaram que a casca do café também podia passar pelo processo de infusão, criando uma bebida apropriada para ingestão humana. Assim o cascara tea, ou chá de café, se tornou mais popular.

Quais são as características mais marcantes do chá de café?

Como o chá de cáscara é feito de uma parte diferente da cereja ele tem um sabor também diferente do café com o qual estamos habituados. Esse chá é feito com a casca desidratada, resultando em uma bebida adocicada e muito saborosa.

Suas notas lembram bastante outros tipos de chá, como cereja, hibisco tangerina, groselha e chá preto. O aroma é bastante parecido com aquele do início da produção do café, antes de ele ser torrado. Porém, o modo como é feito o beneficiamento dos frutos influencia o sabor da bebida.

Ela é rica em antioxidantes por conter ácidos clorogênicos; favorece o metabolismo de gorduras e de açúcar. Sem falar que também contém cafeína, só que em uma quantidade menor do que aquela que encontramos no café, no máximo um quarto.

Apesar da pesquisa recente dos dois estudantes canadenses, o chá de cáscara já é consumido há bastante tempo no Iêmen, misturado com gengibre e canela. Na Bolívia, o chá de café também é bastante popular e conta até mesmo com uma versão tostada.

Qual é a cáscara ideal para fazer chá de café?

Como o chá de cáscara é feito com partes da cereja do café que ficam expostas, é preciso escolher o produto com cautela. O ideal é que seja proveniente de agricultura orgânica, para que não tenha resquícios de agrotóxicos.

Outro detalhe é a sua pureza, em relação à presença de gravetos, folhas ou insetos. Além disso, a técnica de secagem da cáscara deve ser cautelosa para que não se proliferam em fungos no produto. Vale, ainda, conferir o modo como é feito o beneficiamento dos frutos.

Como explicamos, essa técnica vai influenciar o sabor do chá de cáscara. Quanto mais natural for o processo, maior será a doçura do chá. No caso do processamento que inclui lavagem ou a técnica honey processes, traz uma acidez maior.

Como ainda não existe um protocolo de classificação e avaliação para as cascas, vale observar esses detalhes que explicamos e, se necessário, fazer o teste de avaliação sensorial (cupping). Assim você conhece os diferentes produtos do mercado e pode selecionar aquele que melhor agrada o seu paladar.

O que é cafeína?

Você sabia que a cafeína é uma das responsáveis pelo sabor amargo que o café tem? Ela é um tipo de alcaloide que serve como repelente natural, evitando o ataque de pragas na planta. Por isso precisa ter essa característica.

A cafeína também serve como uma estratégia importante para a polinização das flores do cafeeiro.

Ela é encontrada em uma concentração pequena nessas partes da planta e atua no sistema nervoso de insetos polinizadores, como as abelhas.

Assim, a cafeína vai atuar na memória desses insetos, fazendo com que eles voltem com frequência ao cafezal e deem continuidade ao ciclo de polinização. Isso garante a reprodução das plantas de café.

Quais são os benefícios da cafeína para nosso organismo?

Além de todo esse processo natural com o qual a cafeína está envolvida, ela ainda participa de diferentes reações no organismo humano. Essa substância tem uma alta absorção no trato digestório e seus efeitos alcançam um pico cerca de 30 a 90 minutos depois do consumo.

Atua no sistema nervoso central como estimulante, aumenta os níveis de dopamina e inibe os receptores de adenosina. Veja a seguir quais são os benefícios que tudo isso traz.

Mais disposição e energia

Como a gente explicou, a cafeína consegue inibir adenosina em nosso organismo, por isso, traz mais energia. Afinal, é a adenosina que estimula o sono, o cansaço, reduz a nossa frequência respiratória e as atividades motoras. Ou seja, ela realmente desacelera o nosso organismo.

Por outro lado, ela aumenta a dopamina. Essa substância atua sobre o nosso humor, melhorando as emoções e aumentando o estado de alerta. Eleva a atenção, nossa capacidade cognitiva e traz bem-estar.

Ação diurética

A retenção de líquidos se caracteriza pelo acúmulo deles em nosso organismo, promovendo inchaços nos membros ou na região abdominal, por exemplo.
A cafeína tem ação diurética, que vai estimular o organismo a eliminar excesso de líquidos retidos. Isso favorece não só a aparência, mas também a saúde, já que essa é uma das causas da hipertensão arterial.

Efeito termogênico

Alimentos e substâncias que têm ação termogênica aceleram o nosso metabolismo, fazendo com que ele queime calorias mais rápido. Isso significa que você pode alcançar melhores resultados em seu processo de emagrecimento ingerindo café ou chá de cáscara.

Melhora da performance atlética

A cafeína pode ter, ainda, o efeito ergogênico em algumas modalidades esportivas. Com isso, melhora o desempenho físico de determinados atletas, aumentando o aporte de energia e favorecendo os resultados alcançados.

Além disso, a cafeína também é utilizada em alguns cosméticos por causa dos bons resultados no tratamento da gordura localizada e celulite.
Ela acelera o processo de queima de gordura, estimula a circulação sanguínea e contribui com a síntese do colágeno. Existem até mesmo produtos para o cabelo com cafeína, com a promessa de combater a queda.

É interessante apreciar o café de um jeito diferente como esse, não é verdade? Com o chá de cáscara você pode desfrutar dessa bebida de uma forma ainda mais prazerosa e completa. Afinal, o sabor é diferenciado, e a menor quantidade de cafeína traz outras possibilidades de consumo.

Que tal mais alguns motivos para você continuar apreciando o café? Confira neste outro artigo mais alguns benefícios que ele proporciona. 

Não deixe de comentar e visitar nosso site.

Posts relacionados

Um comentário em “Conheça tudo sobre o chá de cáscara

Deixe um comentário