Café orgânico: descubra os segredos por trás da produção do café de João Capobianco e a sua história

8 minutos para ler

O café de abril, do João Paulo Capobianco, é mais do que apenas um café orgânico especial produzido na Serra da Mantiqueira, na região do Circuito das Águas Paulista. 

Ele é uma homenagem à beleza da natureza e à perseverança humana para protegê-la. 

Luciana e João Paulo Capobianco
Luciana e João Paulo Capobianco

O casal Luciana e João Paulo Capobianco se encantaram com uma fazenda à venda na cidade de Socorro em SP e perceberam que lá seria o lugar ideal para iniciarem um novo projeto em suas vidas, o cultivo de café orgânico. Adquiriram a propriedade e começaram a fazer dela um projeto diferenciado, preparando o solo para o cultivo de um café de altitude. Mas não foi só a flora da fazenda que chamou a atenção deles. 

Avistada com frequência no local onde estava sendo plantado os primeiros pés de café, uma linda família de lobos-guará inspirou o casal na criação do nome e da marca do café, nascendo assim o Café do Lobo do Serrote, em homenagem ao belíssimo animal em extinção que perambula pela região. Atualmente, o casal se divide no trabalho da fazenda, sendo que a Luciana se encontra à frente do trabalho de marketing e vendas. 

Qualidade e sustentabilidade

Eles se dedicaram a produzir um café de qualidade excepcional, cuidando de cada etapa do processo com rigoroso controle de qualidade e respeito pelo meio ambiente. Desde o cultivo até o processamento, esse Veroo é produzido com técnicas que preservam o solo e a fauna local, protegendo os recursos naturais da fazenda.

Ao escolherem cultivar café orgânico, Luciana e João Paulo estão contribuindo para um futuro mais sustentável, onde a natureza e a qualidade de vida são valorizadas.  A fazenda é um exemplo a ser seguido, onde a fauna e flora local são protegidas e o café é cultivado com paixão e compromisso com a qualidade.

O casal é uma inspiração para todos nós, mostrando que é possível criar algo especial e único ao mesmo tempo em que cuidamos do meio ambiente e respeitamos a natureza. A dedicação e o amor que Luciana e João Paulo têm pelo que fazem são a prova de que, quando seguimos nossos sonhos com compromisso e paixão, podemos criar algo que não apenas beneficia a nós mesmos, mas também o mundo ao nosso redor.

Café orgânico e compromisso com práticas sustentáveis

O destino do café dessa edição é chamado de  “Capital da Aventura”. Socorro fica localizada no interior de São Paulo, e faz parte do Circuito das Águas Paulista. 


Na região do Circuito das Águas Paulista, o café especial é uma tradição há décadas. As fazendas de café na região são conhecidas por produzir alguns dos melhores cafés do Brasil, e muitos deles têm recebido prêmios e reconhecimento em concursos de café nacionais e internacionais.

Aventura


Um dos principais fatores que tornam o café especial da região tão excepcional é o terroir – características únicas do solo, clima e altitude que afetam o sabor e aroma dos grãos de café. A região é caracterizada por solos ricos em minerais, um clima ameno e úmido, e altitudes variadas que criam condições ideais para o cultivo de grãos de café especiais.

A qualidade do café especial na região é o comprometimento dos produtores com práticas sustentáveis e responsáveis. Muitos dos produtores da região utilizam técnicas de cultivo orgânico e biodinâmico, bem como métodos de colheita manual e processamento cuidadoso que minimizam o desperdício e garantem a qualidade dos grãos.

Dentre as cidades do Circuito, Socorro se destaca como um dos principais destinos turísticos. Conhecida como a “Capital da Aventura”, a cidade oferece diversas atividades ao ar livre, como rafting, tirolesa, rapel, arvorismo e trilhas. Além disso, a cidade conta com uma estrutura completa para receber os turistas, com hotéis, pousadas e restaurantes para todos os gostos e bolsos.


Outro atrativo de Socorro é o turismo rural, que permite aos visitantes conhecerem de perto a produção de café, queijo, cachaça e outros produtos típicos da região. A cidade também conta com um complexo turístico de compras, o “Roteiro do Artesanato”, onde é possível encontrar peças únicas e de alta qualidade feitas por artesãos locais

Café Orgânico do João Paulo Capobianco

O café da edição de abril é um café orgânico, que tem ganhado cada vez mais popularidade entre os consumidores conscientes. Ele é cultivado sem o uso de pesticidas, herbicidas e fertilizantes químicos, utilizando apenas adubos naturais e técnicas de cultivo sustentáveis. 

Foto da colheita manual na fazenda Barreiro
Foto da colheita manual na fazenda Barreiro

Além disso, a produção de café orgânico também respeita as condições sociais e trabalhistas dos produtores, garantindo uma remuneração justa e condições de trabalho adequadas. O resultado é um café de alta qualidade, com sabor e aroma únicos, além de ser uma escolha sustentável e ética para o meio ambiente e para as pessoas envolvidas na sua produção.

Todos os resíduos orgânicos da produção do café dessa edição são reaproveitados e utilizados como adubo, promovendo o equilíbrio biológico do solo e do ambiente.

Os recursos hídricos utilizados na Fazenda Barreiro, incluindo três córregos e cinco minas d’água, são protegidos com cobertura florestal nativa que vem sendo ampliada ano após ano, em parceria com ONGs especializadas na regeneração de florestas. Nos últimos dois anos foram plantadas 40 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica na propriedade.

Características e Origem 

O lote do café orgânico do João Paulo com 85 pontos na escala SCA, possui um aroma frutado, com notas de laranja e mel. 

Café orgânico do João Paulo Capobianco
Café orgânico do João Paulo Capobianco

Propriedade: Fazenda Barreiro

Cidade:  Socorro – SP 

Região: Circuito das Águas Paulista  

Variedade: Arara

processamento: Natural 

Pontuação; 85 pontos 

Altitude: 1210 metros 

Aroma frutado e intenso com um toque de mel.

Corpo denso, com acidez de laranja e doçura de mel

“Esse é daqueles de tomar de canecada! A acidez é bem viva, por isso recomendo que vez ou outra você deguste ele sozinho.”

Neto Fante, Q-grader e coffee hunter

Sugestões de preparo Veroo

Infusão: Prensa e Pressca

Proporção sugerida: 

10g de café orgânico especial do João Paulo em moagem grossa para 100 ml de água quente
Preparo: 

  1. Coloque 10g do café especial do João Paulo com moagem grossa na prensa francesa ou na Pressca e adicione 100 mL de água quente.
  2. Mexa por 30 segundos
  3. Espere mais 3 minutos.
  4. Abaixe o êmbolo e sirva em uma xícara ou caneca
  5. Agora é só servir e se deliciar!

V60:

Proporção: 

10 g de café orgânico especial do João Paulo em moagem grossa 

100 ml de água quente 

Dicas: 

  1. Utilize água filtrada: água é responsável por mais de 98% do seu café, então é importante usar a melhor água possível. Certifique-se de que a água esteja fresca e filtrada para remover impurezas e sabor desagradável. 
  2.  Escalde o filtro de papel: esses filtros podem transferir o gosto de papel para o café. Portanto, recomendamos que você escalde o seu filtro com água quente antes de colocar o café. 
  3. Despeje a água lentamente em todo o café, até os que ficam na bordinha do filtro: despeje a água em círculos concêntricos sobre o café moído e permita que a água escorra lentamente através do filtro. Isso ajudará a extrair o sabor do café de maneira mais uniforme.

Melitta:

Proporção: 

10 g de café orgânico especial do João Paulo em moagem grossa  para 100ml de água quente 
Dicas:

  1. Escalde o filtro de papel: esses filtros podem transferir o gosto de papel para o café. Portanto, recomendamos que você escalde o seu filtro com água quente antes de colocar o café.  
  2. Agite o filtro durante o preparo: ajudará a uniformizar a extração. Como o fundo do filtro da Melitta é reto e não cônico como a V60, por exemplo, o café pode descer e ficar no fundo do filtro, não extraindo o seu café uniformemente. 

Assine Veroo e receba cafés especiais inéditos todos os meses

No Clube Veroo, todo mês preparamos uma box com uma experiência sensorial única, através da nossa curadoria de cafés especiais, que seleciona os melhores grãos direto de pequenos produtores do Brasil inteiro.

Assine o Clube Veroo e receba cafés inéditos todos os meses de pequenos produtores, no conforto da sua casa.

Posts relacionados

Um comentário em “Café orgânico: descubra os segredos por trás da produção do café de João Capobianco e a sua história

Deixe um comentário