Como fazer café?

Durante o período de home office recebemos várias perguntas sobre como preparar um bom café, como a Veroo é descomplicada, tentamos encurtar esse caminho e ensinar de maneira bem prática e ainda com algumas dicas extras. 

Lembrando que o café não é uma ciência exata, então caso prefira utilizar quantidades diferentes da indicada, fique à vontade. Espero que gostem :). Não esqueça de nos contar o que achou.

Ingredientes:

2 colheres de sopa (bem cheias) de um delicioso café – aproximadamente 16g;

200 ml de água;

Modo de Preparo:

  1. Coloque 250ml de água (2,5 copos de requeijão) em um recipiente e leve ao fogo, se preferir utilize uma chaleira elétrica (dica: apesar da receita ser 200ml é bom sempre colocar um pouquinho de água a mais para o procedimento seguinte);
  2. Coloque o coador com filtro de papel sobre o bule, garrada térmica ou qualquer outro método de preparo;
  3. Quando a água estiver na fervura sem borbulhas, desligue o fogo.
  4. Despeje a água escaldando o filtro de café e o recipiente utilizado. Dica: é muito importante esse procedimento pois o papel ou coador são materiais que tem gosto e cheiro e, dessa forma, são eliminados, deixando o gosto do café mais puro.
  5. Após retirar a água escaldada, despeje 2 colheres do café
  6. Quando a água estiver na fervura sem borbulhas, desligue o fogo e despeje-a vagarosamente no coador, em movimentos circulares.
  7. Deixe o café ser coado de forma lenta e natural, sem mexer, evitando que o volume de água despejado ultrapasse o volume de pó no coador.
  8. Depois que o café for coado, adicione açúcar a gosto.

Dica preciosas: 

  • Um bom grão para o preparo do café: Para aproveitar melhor a experiência de um bom café, sugerimos sempre torras frescas e se possível em grãos para moagem na hora (a experiência é outra). 
  • Moagem do café: para cafés em filtros de papel tradicional utilizamos moagem média.
  • Água para o café: Use água filtrada e não deixe ferver muito para não queimar e esconder as características do bom café.
  • Filtro: nunca esqueça de escaldar o seu filtro antes do preparo do café. O filtro contém algumas impurezas
  • Não deixe escorrer completamente a água do seu filtro, retire o coador antes esvaziar completamente, dessa forma terás um café sem muito amargor.
  • Açúcar no café:  Não é errado adoçar a bebida, sempre vá de acordo a sua preferência. Mas incentivamos não o adoçar, o café por si só já vem adoçado do pé, tente sentir a doçura e as características da bebida. O café especial é um caminho sem volta.

Vamos aprender um pouquinho mais sobre o universo do verdadeiro café:

O que é café especial?

De acordo com BSCA (Brazilian Specialty Coffee Association), Cafés Especiais são grãos isentos de impurezas e defeitos que possuem atributos sensoriais diferenciados. Estes atributos, que incluem bebida limpa e doce, corpo e acidez equilibrados, qualificam sua bebida acima dos 80 pontos na análise sensorial. Além da qualidade intrínseca, os cafés especiais devem ter rastreabilidade certificada e respeitar critérios de sustentabilidade ambiental, econômica e social em todas as etapas de produção.

Por que o café especial é um pouquinho mais caro que o tradicional?

O tradicional café em pó de marcas mais comerciais de supermercado não permite muita inovação nos métodos e percepção das características do café, muito por conta da sua torra bastante intensa e grãos não selecionados. Os cafés tradicionais “queimados” escondem os defeitos do café, o processo de colheita é totalmente bruto e misturado com outros tipos de cafés (blend). O Brasil é o maior produtor de cafés do mundo, e hoje apenas 5% da população consome café especial, a conta não fecha… Os cafés especiais brasileiro geralmente chegam ao consumidor final muito caro e com intermediários. A Veroo veio para descomplicar a cadeia de consumo de cafés especiais no Brasil.

Qual o perfil de torra ideal?

Aqui na Veroo nós brincamos que só não vale café queimado, o resto está liberado!

Uma torra de excelência é aquela capaz de proporcionar ao degustador do café a percepção de grande parte das características sensoriais dos grãos, além do aroma, sabor acidez, corpo, finalização, entre outros. Porém, o perfil de quem vai beber ainda é o principal fator para gostar de um tipo de torra ou não, é claro. Vale mencionar que o que diferencia o perfil de torra é o tempo que os grãos permanecem em determinada temperatura. Assim, os cafés com torra mais intensa passam por um processo de torra mais longo e os cafés de torra clara passam por um processo mais curto.

Como receber cafés em casa?

Para quem está iniciando no universo dos cafés especiais, a Veroo é uma ótima alternativa. Chega de ficar se preocupando com a origem de seu café, nós cuidamos para você. A curadoria do nosso barista faz todo o trabalho por você, buscando por pequenos produtores de grãos especiais pelo Brasil inteiro, fazendo a avaliação sensorial, verificando laudos que atestam a qualidade dos grãos e lançando no clube apenas os melhores. Assinando a Veroo você recebe todos os meses cafés altamente pontuados e com a qualidade que você merece. E aí, vai ficar de fora? Acesse: https://veroo.com.br/ e conheça.

Quais são os benefícios do café?

Além do sabor delicioso, o café também traz benefícios para a saúde. Um artigo científico publicado pela Sociedade Brasileira de Química, prova, através de pesquisas científicas, que o café pode ser um grande aliado na saúde, principalmente quando o assunto é prevenção. Veja nosso artigo: https://blog.veroo.com.br/beneficios-do-cafe/

O que é roda de sabores e aromas do café?

Assim como a cerveja e o vinho, o café também possui uma roda de sabores e aromas que usamos para classificá-lo de acordo com aromas, sabores e sensações contidas na bebida, acesse https://blog.veroo.com.br/roda-de-sabores/ e conheça mais.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário abaixo 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *